O amido - nosso grande aliado

26/07/2018

 

 

 

 

Você, provavelmente, já ouviu falar em amido nas composições dos alimentos, certo? Mas, você sabe o que é essa substância e onde encontrá-la nos ingredientes do dia a dia?

                O amido é uma fonte natural de energia para o nosso corpo e está presente em diversos alimentos como grãos, cereais, raízes e vegetais. Ele é muito utilizado na indústria alimentícia para alterar ou controlar diversas características das preparações. Muito utilizado pela indústria, é encontrado em pães, bolos, massas, laticínios, cereais, carnes, bebidas e molhos.

 

Alguns alimentos que são fonte de amido e seus benefícios:

1 - Banana verde: A banana além de ser um alimento energético, rico em potássio, manganês, iodo, zinco e vitaminas do complexo B que ajudam a tornar o organismo saudável. A biomassa de banana verde é rica em amido resistente, se tornando um excelente espessante para receitas. 

 

2 - Fécula de batata: É uma farinha obtida pela secagem e moagem subsequente da batata e pode chegar a ter 70% de amido resistente. Não possui glúten, o que a torna uma excelente farinha nas preparações para celíacos.

 

3 - Milho: É um alimento com excelente fonte de energia, rico em vitaminas A, B, E e em outros minerais. Rico em amido, auxilia na prevenção da prisão de ventre e doenças do trato intestinal. Também possui boa quantidade de amido resistente. Sua farinha, o amido de milho, também é excelente na substituição das farinhas que possuem glúten.

 

4 - Batata inglesa: Esse vegetal possui cerca de 10 a 30% de amido, além de água, vitaminas como a B, C, E e K que proporcionam bem-estar geral ao nosso corpo.

 

5 - Aveia: Rica em fibras, auxilia no controle da glicose, do colesterol e aumenta a saciedade no estômago.

 

6 - Farinha de trigo integral: O trigo é o cereal mais utilizado na alimentação, sendo a sua farinha presente em diversas preparações como pães, bolos e massas. Ela é rica em diversas vitaminas e sais minerais e as fibras presentes auxiliam na digestão, promovendo benefícios para o organismo no controle de diversas enfermidades.

 

 O amido é dividido em dois tipos: glicêmico ou resistente:

O glicêmico é degradado a glicose por enzimas no trato digestivo, podendo ser classificado como amido rapidamente (ARD) ou amido lentamente digerível (ALD) no intestino delgado, enquanto que o amido resistente é aquele que resiste à digestão no intestino delgado, mas é fermentado no intestino grosso pela microbiota intestinal.

 

 

COMPARTILHAR
RT
Please reload

© Copyright 2016 Recofran. Desenvolvido por Gath Soluções em TI