Doença Celíaca

12/04/2018

 

 A doença celíaca é causada pela intolerância ao glúten, proteína encontrada em alimentos como trigo, cevada, centeio, aveia e malte.

A doença celíaca é uma doença autoimune causada pela intolerância ao glúten. As pessoas portadoras dessa doença não podem ingerir alimentos que contêm glúten, pois este agride e danifica as vilosidades do intestino, prejudicando a absorção dos alimentos.

O glúten é uma proteína encontrada nos cereais como trigo, centeio e cevada, mas  é, na verdade,  um conjunto delas. O glúten é a combinação de dois grupos de proteínas: a gliadina e a glutenina.

Ele está presente em massas como o pão, o macarrão, o bolo e a bolacha e tem a função de deixar a massa mais elástica para ser trabalhada e, ao mesmo tempo, resistente para não arrebentar quando esticada.

O tratamento da doença celíaca consiste em evitar, pelo resto da vida, a ingestão de alimentos que contêm glúten, tais como trigo, aveia, centeio, cevada e malte, pães, cereais, bolos, pizzas, biscoitos, bolachas, macarrão, cerveja, entre tantos outros produtos. Após 1 ou 2 semanas do início da dieta, os sintomas desaparecem na maioria das pessoas. Como essa doença não tem cura, o tratamento deve ser seguido pelo resto da vida.

Os alimentos que uma pessoa portadora de doença celíaca pode consumir são arroz, milho, mandioca, fubá, féculas, óleos, margarinas, todo e qualquer tipo de fruta, leite, manteiga, queijos e derivados (quando o celíaco não apresentar diabetes), folhas, cenoura, tomate, vagem, feijão, soja, grão-de-bico, ervilha, lentilha, cará, inhame, batata, mandioca, carne de aves, suínos, bovinos, caprinos, miúdos, peixes e frutos do mar.

Assim, pensando em pessoas que são portadoras desta doença, é que a Recofran dá a você algumas receitas para variar a sua alimentação. Só clicar na barra acima, em RECEITAS.

COMPARTILHAR
RT
Please reload

© Copyright 2016 Recofran. Desenvolvido por Gath Soluções em TI