Vai um chazinho aí?


Além de ser muito gostoso, o chá tem virtudes medicinais, o que é um conhecimento milenar. Nos anos 50, porém, por conta da evolução da indústria farmacêutica, o uso das plantas medicinais diminuiu muito, pois foram substituídas pelos medicamentos sintéticos. Já na década de 80, o interesse pelos fitoterápicos voltou a crescer e hoje, é inegável que as ervas podem curar de forma mais barata e muito eficaz.

Os chás são classificados de acordo com o processo de fermentação – o chá verde, por exemplo, não é fermentado e, por isso, é o que tem as propriedades mais conservadas do que outros, como o chá branco e o preto.

Não se esqueça, porém, de que existe uma diferença entre chá e infusão – bebidas de ervas e frutas que as pessoas costumam chamar de chás são, na verdade, infusões, porque não têm a folha de CamelliaSinensis.

Os chás potencializam os benefícios específicos de cada planta e ainda ajudam o metabolismo no processo de desintoxixação através das catequinas. Eles também estimulam a hidratação do organismo o que auxilia o funcionamento intestinal, a produção de enzimas digestivas, o equilíbrio hídrico de todas as células, diminuindo inclusive inchaços.

Abaixo, mostramos algumas ervas de efeito comprovado, lembrando sempre de usá-las com sabedoria, especialmente se sofrer de alguma doença.

CHÁ DIURÉTICO

Estimula o funcionamento dos rins, diminuindo inchaços (edemas) e, com isso, pode ajudar no controle da hipertensão arterial. Podem ser usadas as seguintes ervas:

- Chapéu-de-couro

- Rosa-mosqueta

- Folha de abacate

- Quebra-pedra - Cavalinha

CHÁ LAXATIVO

Auxilia no funcionamento intestinal. Podem ser usadas as seguintes ervas:

- Folhas de sene

- Jalapa

- Funcho (ou carqueja)

CHÁ TRANQUILIZANTE

Age como indutor de sono e tranquilizante. Podemos usar:

- Folhas de melissa

- Sementes de maracujá doce

- Erva cidreira

- Alfazema

CHÁ ANTI-GRIPAL

Auxilia no alívio de quadros gripais, resfriados e descongestionante de vias aéreas respiratórias. Podem ser usadas as seguintes receitas:

- Aquecer 1 litro de água até ferver, apagar o fogo e adicionar 6 colheres de sopa de mel e suco de 5 limões

- Aquecer 1 litro de água até quase ferver, apagar o fogo e adicionar 3 colheres de sopa de folhas de menta e 8 cravos.

- Abafar durante 5 minutos e passar numa peneira.

CHÁ DIGESTIVOS

Elimina gases intestinais, harmoniza o estômago, alivia contrações dolorosas do estômago e do intestino. Faça uma infusão com as seguintes ervas:

- Semente de erva-doce

- Cascas de laranja com canela.

- Camomila

- Boldo

CHÁ VERDE

Também conhecido como Banchá, merece destaque, já que a ciência vem comprovando suas propriedades terapêuticas e cosméticas. É rico em flavonóides, substâncias anti-oxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular precoce.

Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, já que os estudos associam o consumo diário deste chá a uma diminuição dos níveis sanguíneos de LDL, que é a fração ruim do colesterol e à melhora das condições das artérias.

(Escrito por Daniela Henkin Posada/Responsável Técnico pela JALF/Recofran)