Arroz + feijão = dobradinha invencível!


Conta a lenda que, no início da história do Brasil, quando os senhores de engenho matavam um porco, enviavam para a senzala as partes menos nobres : orelha, rabo, patas, pele, etc.

Os negros, então, colocavam estes pedaços no feijão, o que lhe dava um sabor especial. E foi exatamente pela transformação saborosa, que este grão subiu as escadas da Casa Grande e ganhou o paladar dos brasileiros.

No Brasil, ao todo, são consumidos cerca de 12,7 quilos de feijão per capita por ano, o que é um ótimo hábito, já que o alimento é rico em diversas vitaminas e minerais.

O feijão é fonte de vitaminas B1, B2, B3 e B9 (que colaboram para o bom funcionamento do sistema nervoso e da medula óssea); em proteínas e minerais (potássio, ferro, fósforo, cálcio, cobre, zinco e magnésio) e lisina, aminoácido que contribui para o crescimento de crianças e adolescentes

Por possuir apenas 77 calorias em uma concha cheia, aliada à sensação de saciedade, é outro fator que conta a favor do feijão.

Benefícios ao trato digestivo, à saúde bucal e prevenção de diversas doenças faz da dupla “feijão com arroz” um sucesso garantido na mesa dos brasileiros. Confira as razões para não abrir mão do feijão nas refeições:

Fonte de vitaminas do complexo B – O feijão evita o cansaço, fadiga, alterações no humor e distúrbios neurológicos causados pela falta de vitaminas do complexo B no organismo.

Combate a anemia – O consumo de feijão evita a anemia ferropênica, ou seja, a anemia por deficiência de ferro. Se combinado a alimentos que contenham vitamina C, como laranja, o organismo absorve ainda mais o mineral.

Fonte de potássio – Por ser rico em potássio, o feijão colabora para a saúde do coração, além de contribuir para o relaxamento muscular, evitando cãibras, antes ou depois de atividades físicas.

Evita cáries – A união do arroz e o feijão proporciona uma dose diária de flúor que pode ajudar no controle de cáries nos dentes, já que eles absorvem melhor o flúor presente na água tratada.

Evita prisão de ventre – A alta concentração de fibras do feijão colaboram para o melhor funcionamento do sistema digestivo, facilitando o trânsito intestinal. Mais um benefício das fibras do feijão: elas evitam que o açúcar entre rapidamente na corrente sanguínea, mantendo as taxas de glicose ideais.

Ficou com água na boca?

Então, passe pelas prateleiras de uma das três filiais da Recofran, pegue o arroz e o feijão e vá preparar uma gostosa

feijoada para sua família.

Este friozinho pede!!!!

Sim, agora na Recofran, você também encontra o feijão e o arroz!