Como manter uma alimentação saudável

15/12/2016

Ter uma alimentação saudável é essencial para melhorar a qualidade de vida. O abuso do consumo de alimentos industrializados, ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares é um gatilho para doenças cardiovasculares, hipertensão, obesidade, diabetes entre outras. Em contrapartida, é fácil incluir no cardápio diário, alimentos de melhor qualidade, com propriedades antioxidantes. Por essas razões, abaixo seguem algumas orientações para manter hábitos alimentares saudáveis:

 

 

Busque alimentos naturais

Siga uma alimentação o mais natural possível e evite ao máximo o consumo de alimentos industrializados. Prefira as frutas, verduras e legumes da época, pois tornam-se mais baratas e podem ser encontradas em feiras de agricultores. Evite utilizar temperos prontos e condimentos, pois estes contêm muito sódio e conservantes na composição. Dê preferência ao consumo de temperos e especiarias naturais, típicos da região.

 

Não fique sem comer

É muito importante não passar longos períodos sem comer. Faça pequenos lanches entre as grandes refeições, pois ao restringir energia, o metabolismo tende a ficar mais lento, como uma forma de poupar a energia que lhe foi fornecida, o que acaba dificultando a perda de peso. Além disso, ocorrerá a compensação na próxima refeição, buscando alimentos mais calóricos, o que também resultará em ganho de peso, por isso lembre-se de manter frequência alimentar.

 

Sinta prazer comendo

A alimentação também é fonte de prazer. Não se torne escravo de dietas e calorias, pois existem cada vez mais estudos que evidenciam que pessoas que se preocupam demais com a forma física, tendem a sofrer maiores oscilações de peso, além de serem insatisfeitas com o próprio corpo. Procure profissionais habilitados para lhe auxiliar, tanto em relação aos hábitos alimentares quanto à atividade física. Estar bem consigo mesmo e cuidar do corpo com atividade física e alimentação saudável são as melhores formas de obter uma boa qualidade de vida.

 

Mantenha a variedade nutricional

É importante saber que nenhum alimento é proibido, a não ser que a pessoa precise fazer uma dieta restritiva, caso tenha alguma doença como diabetes ou hipertensão, por exemplo. É muito comum que as pessoas pensem que comer só salada é uma boa forma de manter a alimentação saudável, mas isso não é verdade. O famoso "prato colorido", ou seja, aquele que tem uma boa fonte de energia, fibras, minerais, vitaminas e proteínas é sem dúvida o prato mais saudável.

 

Hidrate-se

Beba de seis a oito copos de água todos os dias. A água ajuda na hidratação da pele, e é fundamental como meio de transporte de algumas vitaminas hidrossolúveis como a vitamina B1, B2, B6, B12 e a vitamina C. Além disso, a água é essencial para o bom funcionamento intestinal.

 

Diminua o consumo de açúcares refinados

Alimentos que têm uma grande quantidade de açúcar refinado passam por diversos processos químicos na produção e possuem alto índice glicêmico. Essas características aceleram o envelhecimento, aumentam a flacidez por desestruturar o colágeno da pele e, atualmente, encontramos adoçantes naturais como a sucralose, derivada da cana-de-açúcar, açúcar mascavo, açúcar demerara e açúcar de coco quesão opções mais saudáveis pois não passaram por todo processo de refinamento.

 

Consuma alimentos fontes de antioxidantes

As substâncias antioxidantes bloqueiam a ação dos radicais livres no organismo, prevenindo o dano celular que leva ao envelhecimento. Esses elementos auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares e do envelhecimento precoce. Alimentos com cores fortes, como tomate, goiaba, romã, cenoura, abóbora, manga, açaí, berinjela, uva, folhas verdes, legumes e brócolis, são ricos em antioxidantes.

 

Saiba o que você está comendo

É essencial entender que as calorias são o combustível para o nosso organismo e que sem elas, o nosso corpo fica sem energia, porém escolher os alimentos só pelo número de calorias não é o mais indicado, pois na verdade o que faz toda a diferença na hora de optar por uma alimentação saudável é a qualidade dos nutrientes, por isso é muito importante ler os componentes alimentares do produto a ser adquirido.

 

Saiba combinar os alimentos

O segredo da boa alimentação está em combinar todos os tipos de nutrientes como carboidratos, proteínas, gorduras, minerais, vitaminas, fibras e água. A regra geral é que não há um tipo de alimento que deva deixar completamente a sua dieta, mas sim quantidades de nutrientes que devem ser controladas. Tudo é uma questão de variar o cardápio, não deixar de fora nenhum grupo alimentar.

 

Seja persistente

A mudança para uma alimentação adequada não ocorrerá do dia para a noite. Muitas vezes você deverá provar alimentos que ainda não fazem parte dos seus hábitos alimentares, como frutas, legumes, verduras. Seu paladar deverá ser estimulado. Desistir na primeira tentativa é um erro. Todos os dias, selecione alguns desses alimentos. Se não gostar, prove novamente. Tudo bem se você rejeitar, inicialmente, mas desistir na primeira tentativa é subestimar o seu poder de mudança.

 

Coma sem medo

Hoje são tantas informações sobre a alimentação que as pessoas ficam com medo de comer. Quem procura uma dieta já não sabe mais se é bom ou não comer certo alimento, se é saudável deixar de ingerir certas preparações ou que tipo de alimento engorda. Comer é importante, vital para a vida. Procure um nutricionista e mude seus hábitos alimentares sem deixar de incluir o que faz parte de sua cultura.

 

 

COMPARTILHAR
RT
Please reload

© Copyright 2016 Recofran. Desenvolvido por Gath Soluções em TI